Em análise, os pacientes descobrem quais significantes determinam sua história, e à partir desse reconhecimento, conseguem produzir novos significantes.


Com isso, mudam sua relação com sua vida e com o seu corpo.

Texto por Ana Carlênia Oliveira Bastos 
Data: 19 de agosto de 2019 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Brincar é coisa séria