Freud descobriu que o sujeito falante tem um inconsciente e que é afetado por ele.

Foi com seus pacientes que comprovou que os sintomas que eles apresentavam no corpo correspondia ao que diziam!. Ou, ao que calavam. E Lacan acrescentou que o silêncio também é fala...

Depois, pôde escutar que o inconsciente se manifestava também no ato falho, no lapso, no esquecimento e no sonho.

Nos surpreendemos, que passados pouco mais de um século, muitos ainda neguem que tem um inconsciente, e que é ele, (muitas vezes)que comanda suas vidas!

Andreneide Dantas


hashtag: #escutaanalitica1


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

As dores dos Adolescentes

A Escola e a transmissão dos limites

Você tem mania de quê?