O desejo do qual falamos em psicanálise é diferente da vontade, do querer consciente.

Muitas vezes é inconsciente por isso complexo, e nem sempre é possível de ser prontamente realizado, pois podem haver impedimentos.

Como Freud situou, quando alguém tem um desejo e não consegue realizá-lo, o reprime.
Aquilo que é reprimido sempre voltará, quer seja na forma de um sonho, ato falho ou sintoma.

Em algumas situações o fato de alguém desejar algo, o faz se sentir culpado. E a culpa adoece o sujeito que não se reconhecerá como culpado, e sim como doente...


Andreneide Dantas

 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

As dores dos Adolescentes

A Escola e a transmissão dos limites

Você tem mania de quê?