➡️ Parte do texto retirada do artigo "Brincar é coisa séria" do Blog da Escuta Analítica ⬅️

O brincar é importante, pois desde cedo é através dele que a criança aprende a explorar o mundo. Ele também caminha de mãos dadas com a fantasia, (assunto para um outro momento) através desses atos a criança encena uma vivência, explora o mundo e suas possibilidades: aprende, conta, reconta e assimila situações.


Pode representar uma experiência, quer tenha sido prazerosa ou desprazerosa. Por exemplo: quando uma necessidade ou um prazer desejado não é satisfeito; o bebê quer mamar e não é satisfeito prontamente, fantasia e faz gestos com seus pequenos lábios (encenando que estão mamando). A criança toma uma injeção e na próxima brincadeira encena que ela está dando injeção em outro.


Nesses casos, quando o faz, coloca a distância um sentimento negativo e com esse ato reproduz ativamente uma experiência que viveu passivamente. Assume um papel ativo e se apodera de uma situação.




Andreneide Dantas




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

As dores dos Adolescentes

A Escola e a transmissão dos limites

Você tem mania de quê?