Esse material que representa a verdade do sujeito pode ser resgatada; pois, na maioria das vezes, estava escrita em outro lugar, volta através dos lapsos, dos sonhos e dos sintomas.

Falando do que acontece em seu cotidiano, os analisandos se surpreendem, revelando muito mais, do que tinham intenção.

Àquilo que estava insistindo e que não tinha encontrado, ainda, um lugar para ser colocado em palavras e ser lido.

Quando finalmente o paciente escuta o que diz, pode saber o que o levou às inibições, compulsões, estilo de vida, tropeços...

Andreneide Dantas


#escutaanalitica1 #escutaanalitica


 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Deixem seus filhos crescerem

Escutamos o sujeito que sofre

Quem é esse Outro que habita em mim ?