Por que fazer ANÁLISE?




Somos seres falantes e por esta razão contamos com o simbólico, mas também sofremos as consequências disto. A linguagem tanto pode libertar um sujeito quanto aprisioná-lo. O segundo é o que mais testemunhamos atualmente, principalmente porque a palavra está tão vazia de sentido e valendo pouco para a grande maioria.


Ouvimos as pessoas falarem e não cumprirem com o que dizem; afirmarem que falaram por falar, que se enganaram, esqueceram, ou que não tem importância o que disseram. São poucos os que contam com a linguagem para saber o que estão dizendo e em que discurso estão inscritos.

“A análise é árdua e faz sofrer. Mas quando se está desmoronando sob o peso das palavras recalcadas, das condutas obrigatórias, das aparências a serem salvas, quando a imagem que se tem de si mesmo torna-se insuportável, o remédio é esse. Pelo menos, eu o experimentei e guardo por Jacques Lacan uma gratidão infinita (…) Não mais sentir vergonha de si mesmo é a realização da liberdade (…). Isso é o que uma psicanálise bem conduzida ensina aos que lhe pedem socorro”. (Françoise Giroud. Le Nouvel Observateur nº 1610, setembro de 1995.)

Esse depoimento, define bem o trabalho que uma análise possibilita. Quando o sujeito resolve descobrir o porquê do que lhe acontece, depara-se com o valor e a importância de ser falante.

Artigo: Por que fazer análise?
Leitura completa em http://escutaanalitica.com.br/c_artigos/porque-fazer-analise_-andreneide-dantas/

.
.
.
.
#psychoanalysis #psique #psicanalise #inconsciente #unconcious #porque #seresfalantes #psicanalisetododia #psyche #sofrimento #ansiedade #depressao #angustia #lapsos #traumas #depressao #escutaanalitica1 #escutaanalitica #analise #saudemental #saude #saudepsiquica #psi

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Quem sou eu?