YES Blog da Escuta: Escola - Lugar de Estrutura

terça-feira, 28 de janeiro de 2014

Escola - Lugar de Estrutura

(Imagem retirada do Google- Direitos reservados)

A escola é de suma importância na vida do sujeito. É nela, que ele passa muito tempo: infância e adolescência.
A estrutura que a Escola proporciona é tão importante quando a família, ainda mais hoje, onde encontramos uma desestrutura familiar muito grande.

Os que integram a escola precisam estar bem estruturados para ajudar seus alunos: ensinando-os, o que reverterá na escolha da profissão, integrando-os nos grupos e na sociedade, ajudando-os a tornarem-se cidadãos, e também, no que se refere a estrutura psíquica do sujeito. Pois se uma criança chega “sem limites”, a escola não pode desviar seu olhar, precisa agir, dando parâmetros para que cada aluno possa se organizar e reconhecer o que está fazendo.

Quando uma outra criança não consegue aprender, é importante que se investigue para descobrir a causa; se ela é agressiva e violenta necessita ser questionada, escutada e contida.
A escola, precisa preparar-se para trabalhar com as diferenças que cada criança tem, sabendo que não são iguais, nem uma "massa" homogênea que responderá da mesma forma a estímulos semelhantes. Cada aluno tem uma história de vida diferente, cada um tem sua singularidade e suas potencialidades, isso significa, que cada um reage e aprende de uma forma diferente.

As dificuldades que cada criança encontra na escola, a maioria das vezes, tem relação com seu estado emocional, salvo aquelas que apresentam problemas orgânicos.
O educador por sua vez, depara-se com situações, onde "transfere" para os alunos questões que são deles: íntimas e inconscientes, que estão relacionadas com outras pessoas, além do educando. Geralmente dizem respeito a sua história infantil, sua vida familiar, que por não serem devidamente tratadas, resultam em problemáticas que atrapalham seu desempenho e o bom andamento do trabalho.

Hoje em dia, muitas escolas preocupam-se mais em proporcionar instalações modernas com aparelhos tecnológicos e deixam de lado, muitas vezes, o educador. Esquecem de escutá-los e ajudá-los a superar suas dificuldades: que podem ser de cunho pedagógico ou emocional.

Andreneide Dantas
28/01/14

#professor #educador #limites #aprender #alunos #pedagógico #escola #educação

Nenhum comentário:

Postar um comentário